segunda-feira, 24 de junho de 2013

Zook apresenta: Flechada no Joelho

E aí, Pessoas Grandes, como estão? Faz tempo que não trago umas boas risadas. Então aí vai um relato muito interessante sobre Skyrim e Flechas no Joelho. Sinto cheiro de uma conspiração!

Se quiserem legendas em português, façam o seguinte:
- Sigam o link do video ou deixem em formato de tela inteira o video abaixo
- Cliquem no botão Ativar Legendas embaixo do video;
- Cliquem em Inglês (Legendas Automáticas)
- Cliquem em Traduzir Legendas Beta
- Selecionem Português

A tradução é automática (e, portanto, sofrível), mas ajuda um pouco.

Bom divertimento.


segunda-feira, 17 de junho de 2013

Aramil recomenda: Dungeons and Dragons Online - Parte III

Bom dia viajantes. Estou aqui para discutir a terceira e última parte sobre DDO: criação de personagens.

Tenho aqui algumas dicas para quando forem criar seu personagem (que teriam me ajudado quando criei o meu):


  • Na hora da criação do seu personagem eu sugiro fortemente escolher a opção PERSONALIZAR. Repito, sugiro fortemente. Atualmente as opções pré-criadas são, digamos, trabalho de não-elfos, ou seja, um decepção total. Claro que elas servem para jogar no modo normal até o nível 5, mas se depois você desejar jogar em dificuldades mais elevadas ou chegar até o final do jogo, elas darão muita dor de cabeça. Claro que isso pode mudar no futuro, se um dia os desenvolvedores decidirem melhorar as opções pré-criadas.
Criar personagens no DDO: tão fácil quanto fazer amizade com um Devorador de Mentes

  • Além disso, não faça com eu fiz: tentei emular meu mago elfo do D&D no DDO. Isso não funciona bem. Aqui estão alguns exemplos:
    • Meu mago tinha destreza 14 no D&D. Isso não ajudou em nada no DDO. Ao invés disso teria sido melhor investir em força por causa dos malditos raios de enfraquecimento.
    • Meu mago tinha sabedoria 14 no D&D. Isso não ajudou em nada no DDO. Ao invés disso teria sido melhor investir em constituição (veja abaixo).
    • Meu mago tinha constituição 10 no D&D. Isso só causou muitas mortes DDO. TODO MUNDO precisa de constituição no DDO. Até meu mago elfo franzino. Como os jogadores dizem nos forums: "CON is not a dump stat". Sugiro no mínimo 14.
    • Então, para resumir: Não tente recriar seus personagens de D&D exatamente como são, exceto se você pretende jogar no modo normal e não subir muito de nível.
Minha primeira vida como mago, Rilama, o Inútil: "Se apenas tivesse feito escolhas diferentes..."

  • Na hora de pensar no seu personagem, sugiro procurar nos forums os "28 point builds" ou "first life builds". Isso porque, como este é seu primeiro personagem em sua primeira vida (sim, existe Reencarnação no DDO, explico um pouco depois), você só terá 28 pontos para gastar na habilidades e isso impede o uso de alguns builds avançados que requerem 32, 34 ou 36 pontos.  Existem muitas opções legais, desde os builds puros sem multiclasse até os complicados multiclasse multivida.
Rilama na sua vida de Bardo, com sua poderosa Espada Larga (build do link acima).

  • Outro recurso muito útil antes de criar seu pequeno avatar é um planejador de personagem. Como muitas classes de prestígio, feats e enhancements possuem pré-requisitos, é comum jogadores iniciantes chegarem em um determinado nível e perceberem que não podem pegar certa opção porque ignoraram os pré-requisitos. Este planejador ajuda

  • Por fim, só vou comentar um pouco sobre Reencarnação no DDO, que é o que realmente tornou o jogo atrativo para mim. Quando se chega ao nível 20 você tem a opção de fazer uma reencarnação verdadeira do seu personagem se desejar. Resumidamente, a Reencarnação Verdadeira (sim existem outros tipos, veja aqui) permite recriar seu personagem a partir do nível 1 mas com benefícios:
    • A cada reencarnação, aumentam o número de pontos de atributo para gastar: passa de 28 para 34, para 36 (máximo número de pontos atualmente).
    • Você ganha um feat passivo permanente de vida passada. Por exemplo, se seu personagem era um bardo e você reencarnar, nas suas próximas vidas você ganha +2 nos testes de vontade contra encantamentos. Esses feats se acumulam até 3 vezes.
    • Você mantém todo seu dinheiro e equipamento!
    • Seu Favor é resetado.
    • Para tentar deixar mais claro, vou dar o exemplo do meu personagem, Rilama:
      • Começou como Mago de 28 pontos.
      • Na segunda vida, virou Druida e passou para 34 pontos.
      • Na terceira vida, virou Bardo e passou para 36 pontos.
      • Na quarta vida, virou Artífice e continuou com 36 pontos.
      • Na quinta vida, virou um monge. Esta é a vida atual dele.
      • Portanto, meu monge tem os feats de vida passada de Mago, Bardo, Druida e Artífice.
    • Um AVISO: quando faz uma reencarnação verdadeira, a quantidade de xp para atingir o nível 20 sobe bastante (o poder tem seu preço):
      • Na sua primeira vida só são necessários 1.900.000 xp para atingir o nível 20.
      • Na sua segunda vida, são necessários 3.139.250 xp para atingir o nível 20.
      • Na sua terceira vida e nas subsequentes, são necessários 4.378.500 xp para atingir o nível 20.
Já escrevi demais. Caso alguém tenha lido até o final e tenha alguma dúvida é só deixar uma pergunta abaixo. Para quem quiser ajuda no jogo, eu jogo no servidor Khyber com meu personagem Rilama.

Boa semana

Com estas dicas logo, logo estarão derrotando diabos como este!

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Aramil recomenda: Dungeons and Dragons Online - Parte II

Boa tarde, amigos enebriados. Como prometido, segue a parte II sobre DDO (As fotos deste post foram tiradas por mim enquanto jogava DDO)

Tome um gole de cerveja na nossa Taverna e aprenda sobre DDO.

Hoje falarei sobre como jogar "de graça".

No DDO, cada aventura (quest) tem um patrono. Ao completar as aventuras, você ganha reputação com estes patronos, chamado de "Favor" no jogo.

Além disso, cada quest tem 4 dificuldades (Casual, Normal, Difícil e Elite). Quanto mais alta a dificuldade, mais Favor você ganha.

Um Abishai, um tipo de diabo voador.
Mas qual a relação disso com jogar de graça? Bem, basicamente, a cada 100 pontos de Favor total que você atinge, você ganha 25 pontos para gastar na loja do jogo (os chamados "Turbine Points" ou TP). Isso é uma das coisas que realmente acho legal deste jogo: eles te "pagam" para jogar (embora o prêmio seja pequeno).

Também existem recompensas especiais para certos marcos que são atingidos, em adição à regra anterior. Por exemplo, a primeira vez (e somente na primeira vez) que se atinge 5 pontos de Favor em um servidor, recebe-se 50 TP. A primeira vez que se atinge 25 pontos de Favor em um servidor, recebe-se 25 TP.

Então, façamos as contas supondo o seguinte cenário: existem atualmente 8 servidores, então um personagem é criado em cada servidor. Se forem atingidos 100 de favor em cada servidor, serão obtidos 1000 TP no total (existem aventuras gratuitas suficientes para atingir mais de 1000 de Favor, então é perfeitamente plausível fazer isto).

Portal usado pelos diabos na invasão do Mercado

Isso equivale a cerca de US$ 13,00 em pontos de jogo. Esses 1000 TP podem ser usado para comprar pacotes de aventura que variam de 250 TP a 1500 TP. Esta lista de pacotes de aventuras mostra os valores e detalhes de cada um.

Eu já percorri este caminho, o de atingir 100 Favor em cada servidor. Não é fácil, mas não chega a ser difícil, apenas repetitivo. O jeito mais interessante que encontrei de fazer isso foi criar diferentes classes nos diferentes servidores, o que quebrou um pouco a monotonia e dá uma ideia do que cada classe pode fazer.

Agora, se preferir, você sempre pode comprar os TP direto da loja e eu também já fiz isso.

Por fim, dou três conselhos a fim de fazerem seus suados pontinhos renderem mais:

O primeiro é esperar para comprar os pacotes quando estiverem em promoção. Toda semana sexta-feira exista uma promoção nova na loja (embora nem toda promoção envolva pacotes de aventura), e geralmente são descontos de 20%, mas em certas ocasiões podem chegar a 50%. A loja pode ser acessada diretamente de dentro do jogo.

O segundo é que comprem apenas pacotes de aventuras na loja. Existem inúmeras comodidades que podem ser adquiridas lá (muitas delas inúteis, sejamos sinceros), mas as aventuras são a alma do jogo. Ao comprar um pacote de aventura, ele vale para todos os servidores e é permanente, então todos os seus personagens podem acessá-las

O terceiro é NUNCA desperdicem TP comprando a raça Drow. Ela não é uma raça ruim (pelo contrário, ela tem várias vantagens), mas ao se atingir 400 de Favor total em um servidor, você "abre" a raça, por assim dizer, naquele servidor, ou seja, não precisa ser comprada.

Até a parte III, onde discutirei a criação de personagens.

Dragão vermelho encontrado no níveis epícos: esse bichano dá uma boa mordida!