sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Guerreiros Variantes para D&D

Saudações, bravos guerreiros!

O que trago aqui é apenas uma sugestão alternativa para os guerreiros de Dungeons and Dragons 3ª edição, baseada em um conceito que usei em ASGARD RPG. 

A habilidade abaixo substitui as habilidades Especialização em Arma, Especialização em Arma Superior e Maestria em Arma (Livro do Jogador 2). Além disso, ela substitui também os talentos adicionais que o guerreiro normalmente recebe nos níveis 4, 12 e 20.

MESTRE DE ARMAS
Benefício: No 4º nível, um guerreiro escolhe grupo de armas; quando luta usando armas do grupo selecionado, ele recebe um bônus de +2 nas jogadas de acerto e dano.





Os grupos disponíveis são:
• Espadas
• Machados
• Maças (inclui martelos)
• Lanças
• Arcos
• Foices
• Corrente (inclui manguais)

No 12º nível o guerreiro pode optar por escolher um novo grupo de armas, recebendo o bônus de +2 em jogadas de ataque e dano com o novo grupo ou aumentar para +4 o bônus que possui com o grupo de armas escolhido originalmente no 4º nível.

No 20º nível o guerreiro pode escolher um novo grupo de armas, recebendo o bônus de +2 em jogadas de ataque e dano ou adquirir um bônus adicional de +2 nas jogadas de ataque e dano em um dos grupos de armas escolhidos anteriormente.

Nota: Os bônus conferidos pelos talentos Foco em Arma e Foco em Arma Superior não se acumulam com os bônus conferidos pela habilidade Mestre de Armas.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Feliz Natal!

Frodo: - Ainda que atrasado, gostaria de desejar a todos que frequentam o blog um Feliz Natal! Que possamos continuar contando com a presença de vocês em 2012.

Quero em especial agradecer o apoio que vocês tem dado aos projetos da Asgard Legends. Esse ano tivemos o lançamento do tomo I das Crônicas de Elgalor, o ASGARD RPG com 2 atualizações, O Enigma da Lua e recentemente a Guerra nos Nove Mundos. (para mais informações clicar na aba "Publicações" do blog). Ano que vêm começaremos com o lançamento do tomo II das Crônicas de Elgalor e já temos outros projetos na fila!

Um Excelente Ano Novo a todos os aventureiros.

Pra finalizar um cartão de natal com a arte de Jim Lee, colorida pelo Alex Sinclair:

domingo, 18 de dezembro de 2011

Redstore! - Guerra nos Nove Mundos - Lançamento gratuito

Frodo: - Saudações nobres aventureiros!

Venho trazer a excelente notícia de que o livro "Guerra nos Nove Mundos" da Asgard Legends, de autoria de Jaco Galtran, já está disponível na REDSTORE. A melhor notícia é que é gratuito! Para acessar a loja virtual e ter acesso ao seu exemplar CLIQUE AQUI.

Se você gosta desta ambientação, não deixe de se aventurar nos Nove Mundos, jogando RPG através do sistema ASGARD RPG, CLICANDO AQUI.


Capa do novo livro da Asgard Legends
"Os cavaleiros de Niflheim espalham terror por onde passam. Gigantes, orcs e toda a sorte de criaturas malignas multiplicam-se pelos Nove Mundos como pragas. Contando com a fé nos deuses antigos e no deus Balder, e guiados pela ímpeto aventureiro digno dos mais nobres heróis, não faltam aqueles que optam por viverem em defesa da justiça. 

O choque entre essas as duas forças gera constantes guerras nos Nove Mundos. 

Mas em algum lugar dos subterrâneos, um incomum grupo trava uma guerra ainda mais profunda e terrível: o confronto com seu passado. Uma batalha feroz contra suas fraquezas, medos e inseguranças. Uma jornada em busca de um propósito para suas existências, uma paz interior que talvez possa ser o único consolo em um mundo em que as guerras parecem não ter fim."

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Divulgação: Guerra nos Nove Mundos - Um conto de Jaco Galtran

Frodo: - Saudações amigos! Hoje venho trazer a boa notícia de que no período de no máximo 1 semana devemos ter a publicação, pela Asgard Legends em parceria com a RedStore, do e-book intitulado "Guerra nos Nove Mundos", de autoria do talentosíssimo Jaco Galtran.

Enquanto esperamos o lançamento, abaixo encontra-se a capa deste livro:

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Anões em Elgalor

Anão das Montanhas e Anão das Colinas
Os anões formam um povo guerreiro e honrado, que valorize muito suas tradições e seus clãs. Vivem normalmente em montanhas ou colinas, e são extremamente habilidosos na arte da forja, especialmente no que se refere à construção de armas e armaduras. De caráter bastante forte, os anões valorizam muito conceitos como honra, coragem, disciplina e lealdade. Eles desconfiam abertamente da magia arcana e possuem forte inclinação militar, sendo conhecidos por todos os reinos como grandes guerreiros e mestres na arte do machado e do martelo. Anões vivem cerca de 400 anos, chegando à idade adulta aproximadamente aos 40 anos de idade. Em sua sociedade, homens e mulheres realizam trabalhos diferentes, mas ambos têm a mesma importância social.

Em Elgalor, os anões são divididos em duas sub-raças principais: os anões das montanhas e os anões das colinas; ambos possuem uma forte tradição guerreira e divisão em clãs, sendo aliados jurados uns dos outros durantes períodos de guerras.


• Anões das Montanhas: vivem em grandes reinos forjados nas montanhas. O reino de Darakar, o maior reino dos anões de toda Elgalor, foi construído há mais de 2000 anos atrás, tendo resistido a diversas guerras e conflitos externos contra gigantes do gelo, orcs e dragões. Os anões das montanhas são governados por reis que por sua vez juraram obediência ao Grande Rei dos Anões que reside em Darakar. Eles lutam sempre usando armaduras pesadas e escudos, possuindo uma grande afinidade com táticas militares e com a magia divina. Suas classes favoritas são Guerreiro, Clérigo e Paladino (aqui chamados de templários)

Obs: Estes anões sofrem uma penalidade de -2 em Destreza, mas não recebem a penalidade em Carisma como consta no Livro do Jogador.

• Anões das Colinas: vivem em colinas próximas a grandes planícies, unidos em grandes clãs guerreiros que seguem a autoridade de um Chefe da Guerra. Não apreciam armaduras pesadas, e ostentam diversas tatuagens tribais em seus corpos. Possuem um instinto guerreiro ainda maior que os anões das montanhas, e um forte lado espiritual ligado à natureza. São grandes aliados dos bárbaros humanos Krieger que residem nas terras gélidas ao norte de Eredhon. Suas classes favoritas são Bárbaro, Ranger e Druida.

TALENTOS RACIAIS (para D&D 3)

BENÇÃO DA ROCHA
Pré-requisito: Anão das Colinas, bônus de Fortitude + 6
Benefício: Quando você não usar nenhum tipo de armadura, recebe  um bônus de armadura natural igual a 1 + seu modificador de Constituição.

ESPECIALIZAÇÃO EM ESCUDOS
Pré-requisito: Anão das Montanhas, base de ataque +6
Benefício: Você recebe um bônus adicional de +2 em sua CA quando usa escudos.

MESTRES DAS ARMADURAS
Pré-requisito: Anão das Montanhas, base de ataque +6
Benefício: Seu bônus de CA por usar qualquer armadura e a destreza máxima permitida por ela aumentam em +1, e sua penalidade por usá-la é reduzida em 1 ponto.

VIGOR DA PEDRA
Pré-requisito: Anão das Colinas, bônus de Fortitude + 8
Benefício: Você recebe redução de dano 1/-. Se não estiver usando nenhuma armadura, este bônus aumenta para 2/-

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Novas Classes: Lutador

Saudações, bravos insanos que dispensam sem hesitar uma boa espada ou um bom machado!

LUTADOR

Descrição: Lutadores são combatentes especialistas no combate desarmado, que desenvolvem técnicas apuradas para transformarem seus corpos em verdadeiras máquinas de guerra. Ao contrário dos monges, que se dedicam a uma vida ascética e ao desenvolvimento de sua força interior, um lutador treina suas técnicas à exaustão e se coloca repetidas vezes à prova dentro do campo de batalha, assim como um guerreiro.

Obs: Esta classe foi feita para os (1d4) jogadores de D&D que gostam de lutar com as mãos nuas, mas que por desejar um foco mais voltado para o combate, não apreciam o aspecto filosófico e mais abrangente do monge tradicional. Em Elgalor, o personagem Oyama Flagelo das Feras é um exemplo de um lutador bastante poderoso.

Características da classe

Dado de Vida: d10

Perícias de Classe: Escalar (for), Saltar (for), Nadar (for), Acrobacia (des), Sobrevivência (sab).

Pontos de Perícia por nível: 2 + modificador de Inteligência.

Proficiência com armas e armaduras: Lutadores não possuem proficiência com nenhum tipo de arma ou armadura.

Nível
Base de Ataque
Resistência Fortitude
Resistência Reflexos
Resistência Vontade
Especial
1
+1
+ 2
+0
+0
Ataque Desarmado aprimorado (1d6 de dano), Armadura Natural (mod. de Constituição)
2
+2
+3
+0
+0
Foco em Arma (Ataque Desarmado)
3
+3
+3
+1
+1

4
+4
+4
+1
+1
Especialização em Arma (Ataque Desarmado)
5
+5
+4
+1
+1
Ataque Desarmado (1d8)
6
+6/+1
+5
+2
+2

7
+7/+2
+5
+2
+2
Armadura Natural +1
8
+8/+3
+6
+2
+2
Punhos da Fúria
9
+9/+4
+6
+3
+3

10
+10/+5
+7
+3
+3
Ataque Desarmado (1d10)
11
+11/+6/+1
+7
+3
+3
Redução de Dano 1/-
12
+12/+7/+2
+8
+4
+4
Foco em Arma Superior
13
+13/+8/+3
+8
+4
+4

14
+14/+9/+4
+9
+4
+4
Armadura Natural +2
15
+15/+10/+5
+9
+5
+5
Ataque Desarmado (2d6)
16
+16/+11/+6
+10
+5
+5
Especialização em Arma Superior (Ataque Desarmado)
17
+17/+12/+7
+10
+5
+5
Redução de Dano 2/-
18
+18/+13/+8
+11
+6
+6

19
+19/+14/+9
+11
+6
+6
Sucesso Decisivo Devastador
20
+20/+15/+10
+12
+6
+6
Ataque Desarmado (2d8)

Descrição das Habilidades Exclusivas:

• Punhos da Fúria: No 8º nível, o lutador usa seu modificador de força multiplicado por 1,5 para calcular o dano, e para todos os efeitos (como o uso do talento Ataque Poderoso), seus ataques são considerados como armas de duas mãos.

• Sucesso Decisivo Devastador: no 19º nível o dano dos sucessos decisivos do ataque desarmado do lutador passa a ser multiplicado por 3. 

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Férias

Caros frequentadores deste inebriado ambiente. Foi um longo ano. A partir de hoje estou de férias desta taverna, com retorno marcador para janeiro (afinal de contas, até um elfo precisa de um pouco de descanso). 

Para que não fiquem sem diversão, uma sugestão para vossas férias (mas que requer um pouco de conhecimento de inglês) são as tirinhas do "Order of the Stick" ou Ordem do Graveto (http://www.giantitp.com/comics/oots.html). Leiam todas as 818 tirinhas durante as férias, são muito engraçadas!

Bom natal e final de ano a todos.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A Queda de Gondolin traduzida – parte 5 (final)


Prezados leitores, hoje chego ao fim da tradução desta incrível história. O universo que Tolkien criou é muito mais profundo do que imaginava e agora vejo como o Silmarillion é apenas um resumo da história que ele tinha em mente. Para terem uma ideia, todas essas cenas de batalhas que traduzi são resumidas em apenas meia página do Silmarillion. Bem, hoje termino com a batalha entre Ecthelion e Gothmog. Resumidamente, o exército de Gondolin está reunido na praça da Fonte, perto da Torre do Rei quando o ataque final começa:

[pg184-185]
“Mas agora, os homens de Melko reúnem suas forças, e sete dragões de fogo avançam, com Orcs ao seu redor e com Balrogs em suas costas, do Norte, Leste e Oeste, buscando a Praça do Rei. Então houve carnificina nas barricadas, e Egalmoth e Tuor iam de lugar em lugar da defesa, mas Ecthelion estava deitado perto da fonte; e aquela defesa foi a mais obstinada e corajosa que é lembrada em todas as canções ou histórias. Mas finalmente um dragão rompe a barreira ao norte – e lá outrora era o caminho para a Alameda das Rosas, e um local belo de se ver e caminhar, mas agora há apenas um corredor de escuridão e está repleto de barulho.”
Gothmog e Ecthelion

“Tuor ficou diante do caminho daquela besta, mas foi separado de Egalmoth, e este foi empurrado até quase o centro da praça, perto da fonte. Lá ele perdeu as forças por causa do calor sufocante e foi abatido por um grande demônio, o próprio Gothmog, lorde dos Balrogs, filho de Melko. Mas eis Ecthelion, cujo rosto estava pálido como o aço cinzento e cujo braço de escudo jazia pendurado inerte ao seu lado, avançou sobre Egalmoth enquanto este caía; e aquele Gnomo atacou o demônio, mas não lhe tirou a vida, recebendo ao invés disso um ferimento no seu braço de espada e sua arma caiu de suas mãos. Então Ecthelion, lorde da Fonte, mais belo dos Noldoli, pulou com toda sua força em direção a Gothmog enquanto este levantava seu chicote, e ele cravou seu elmo, que possuía uma ponta de ferro, naquele peito maligno, e suas pernas se enroscaram nas de seu inimigo; e o Balrog soltou um grito e caiu para frente; mas aqueles dois caíram na bacia da fonte do rei, que era muito profunda. Lá aquela criatura encontrou sua perdição; e Ecthelion afundou, carregado de aço, até as profundezas; e assim pereceu o lorde da Fonte em águas frias após uma batalha de fogo.”
Gothmog e Ecthelion


Não traduzi toda a história, mas somente as partes que achei mais emocionantes. Um curto resumo do final da história:

Gondolin está perdida; os capitães tentam salvar o rei e leva-lo da torre, mas Turgon diz: “Que Tuor seja seu guia e seu líder. Mas eu, Turgon, não abandonarei minha cidade, e queimarei com ela.” Assim, enquanto a casa do Rei luta ao redor da torre, Tuor escapa com uma parte do povo de Gondolin em direção ao túnel secreto que havia construído. Ao olharem para trás veem a Torre desmoronar, sendo o fim de Turgon. Eles se dirigem para um ponto mais baixo das Montanhas Circundantes, chamado Fenda das Águias (Cristhorn). Lá são atacados por mais um bando de Melko liderado por um Balrog. As águias os salvam. Glorfindel derrota o Balrog, mas perece no combate. O povo consegue escapar, eventualmente indo parar na Terra dos Salgueiros (Nan-Tathren). Apenas 800 Gondothlim escaparam da Queda de Gondolin e menos chegaram à Nan-Tathren.