quinta-feira, 5 de maio de 2011

πδ (pi-delta) explica: combo telecinésia e encolher itens

Caros leitores, mais uma quinta-feira desponta no horizonte com o alvorecer do sol. Seguindo nosso ritmo usual (duas histórias de Beleriand e uma explicação do nosso meio-golem residente), πδ (pi-delta) pediu o palco para mostrar mais alguns de seus cálculos mirabolantes sobre magias no sistema D&D 3.5. Então, sem mais delongas, segue abaixo suas idéias sobre as magias telecinésia e encolher itens usadas juntas (as magias foram abordadas individualmente em posts anteriores).


Hmmm... como isso poderia ser útil?
Alguns podem imaginar se não é mais vantajoso atirar uma rocha grande com a magia [telecinésia] para dar mais dano.

Acho que armas são melhores pelos seguintes motivos:
1. Armas possuem melhor relação dano/massa (apesar de serem limitadas pelo número de objetos atirados).
2. No nível máximo (15º), é possível lançar 187,5kg de peso. Uma rocha causa 1d6 pontos de dano para cada 12,5kg, resultando em apenas 15d6 (contra 45d6 visto anteriormente).
3. Além disso, uma rocha grande terá apenas uma jogada de ataque, e é possível errar facilmente com apenas uma chance.
4. Gigantes podem agarrar rochas.


MAS, se usarmos a magia [agora útil] encolher itens, o resultado será melhor.
Ex: No nível 20, é possível encolher 1,08 m cúbicos de material. Isso equivaleria a 1080 litros de água, pesando 1080 kg.
Considerando que, em média, rochas possuem densidade 3 vezes superior a da água, então a rocha pesará 3240 kg. Esta massa, se encolhida com a magia em questão, pesará apenas 1,62kg (ou seja, apenas 1/2000 da massa original), sendo facilmente lançada.
Lançando essa rocha encolhida, ela voltará ao tamanho e peso normais quando atingir uma superfície sólida (por exemplo, a criatura ou alvo). Então potencialmente causará 259d6 de dano (média = 906 de dano).
Ah, e agora vem melhor parte: se houver tempo de prepara várias rochas encolhidas, é possível arremessar até 15 delas. Imagine que cena: 15 x 259d6 de dano... bárbaros, morram de inveja.

Ressalvas
Isso é ótimo para destruir a muralha de um castelo, por exemplo, mas haverá dificuldade para atacar criaturas por estes motivos:
1. No nível 20, é quase certo que TODOS os seus oponentes terão redução de dano (embora subtrair 20 ou 30 de 906 não é um grande problema).
2. (O mais importante): Você terá apenas UM ataque (se apenas houver uma rocha disppnível) contra criaturas de CA muito alta. Ex: Tarrasque (ND=20) CA =35. O seu bônus de ataque será 10+inteligência ou carisma (talvez bônus de +10) = 20. Portanto seria necessário tirar 15 no dado = 70% chance de falha (desconsiderando outros fatores).
3. Se falhar no dado e acertar um aliado (ou se acertar, dependendo do humor do mestre) é quase morte certa.
4. É preciso encontrar uma rocha que se encaixe nas dimensões adequadas (no entanto, é possível "criar" uma rocha adequada através de Moldar Rochas)
5. No nível 20 existem muuuuuuitas outras magias úteis que podem se encaixar melhor na situação (ex: grito da banshee).

6. Esta estratégia exige PREPARAÇÃO (precisa de várias rochas, moldadas com Moldar Rochas, já encolhidas etc.).

7. Os mestres vão tentar barrar sua estratégia de qualquer maneira possível (embora seja absolutamente legítima), inclusive usando a infame resposta: “Porque EU sou o mestre e disse que não pode!”. Espero que os mestres tenham pelo menos a decência de usar um raciocínio mais elaborado.

Existem métodos de driblar esta estratégia, como usar piscar, nublar, repelir metal e pedra, névoa sólida entre outros. E lembrem-se: com magias, nem o céu é o limite! Comentários?

2 comentários:

  1. Realmente, o céu é o limite.

    Este pergaminho me faz lembrar os combos apelões que causavam tantos problemas em Trevas, Gurps e Tagmar. De qualquer forma, acredito que não ocorreu aos criadores do jogo a possibilidade de tal estratégia. Do contrário, ela seria barrada como foi feito com a nova versão da telecinese.

    De qualquer forma, se algum mestre se enfurecer, basta matar o mago que o problema se resolve.

    Brincadeira. Este foi um ótimo pergaminho, pi-delta.

    ResponderExcluir
  2. "Bárbaros, morram de inveja"... hahahahahahahahahahahahaha!

    ResponderExcluir