segunda-feira, 2 de maio de 2011

Oyama aprova - O marinheiro Popeye


Boa tarde a todos meus caros, hoje nós vamos dar uma bisbilhotada no mundo dos cartoons, pois lá também não faltam brigões dos bons, e grandes inspirações para aventuras inesquecíveis. Trago aqui nos reinos de Elgalor o inesquecível marinheiro Popeye.

Popeye foi criado por E. C. Segar em 1929 e adaptado para os desenhos animados em 1933 pelos irmãos Max e Dave Fleicher.

Basicamente ele é um marinheiro que está sempre protegendo sua namorada Olivia do seu inimigo Brutos e quando come espinafre ele fica mais forte e soca todo mundo que encher a paciência dele. Mas o divertido é o estilo dele, originalmente Popeye era um baixinho com cabelo desgrenhado pelo quepe, com o olho direito vazado, um cachimbo de sabugo de milho de um lado da boca, uma tatuagem de âncora no antebraço e um grande queixo. Por nunca tirar o cachimbo da boca ele acaba falando só com um lado dela que junto com seu olho vazado sempre fechado acaba por deformar seu rosto.

Nos quadrinhos Popeye não comia espinafre, diz a lenda que na época a Inglaterra exportava couve para outros países e os Estados Unidos exportava espinafre, após submeterem os vegetais a uma análise para verificar o teor de ferro de ambos, foi visto que a couve apresentou uma concentração maior, então os EUA para não perderem a sua parcela do mercado decidiram investir em algum tipo de propaganda para o espinafre, então quando Popeye estreou nas telonas ele acabou levando o representante foliáceo americano consigo, aumentando assim em 30% as vendas de espinafre nos EUA.

Um fato pouco conhecido no Brasil é que ele fala muito errado. Dizendo ME no lugar de MY e trocando a letra T pelo K como em FISK em vez de FIST (punho) além de vários outros erros de gramática.

Frases marcantes:

“Macacos me mordam”

“Pelas barbas do camarão”

“Sou o que sou, e isso é tudo que sou”

“Sou forte até o fim com espinafre pra mim”

“Tubarões me mordam”

“Ventos me levem”

“Com mil camarões”

“Ora seu bolo fofo”

“Já agüentei o que pude, não agüento mais”

“Eu sou marinheiro Popeye”

Essa aqui é a primeira animação estrelando Popeye de 1933, particularmente eu acho muito engraçado o humor dessa época.


5 comentários:

  1. Salve Popeye! De fato, um marinheiro brigão e engraçado!

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha, pelas minhas barbas!

    Ou melhor: " Pelas barbas do camarão"!

    ResponderExcluir
  3. Ahuaha que legal o post! Adorei o episódio que vc postou. Nossa ele humilha muito o Brutos rss

    ResponderExcluir
  4. Hahahaha, eu acho o jeitão do popeye muito engraçado, e esse episódio ilustra bem ele

    ResponderExcluir
  5. Adivinha quem é?!3 de maio de 2011 23:05

    gente..e não que este personagem nos lembra alguém conhecido!!??

    ResponderExcluir