sexta-feira, 4 de março de 2011

Krull, o Bruto #010 - A infância de Krull, o Bebê

Frodo: -Saudações nobres visitantes! Hoje podemos observar um pouco a infância do Krull:



E agora, curvem-se perante a "sabedoria infinita" de Klull, o Bárbaro Oriental:

9 comentários:

  1. Rhorvals Alhanadel, o Ciclone de Aço4 de março de 2011 21:35

    Saindo um pouco do jogo : Olha, eu sei que não teve maldade esse desenho, e também sou a pessoa mais suspeita para falar, pois eu também interpreto o Gronark. Mas acho que mostrar imagens de crianças ou bebes morrendo, não importa de que raça ou cor, mesmo sendo de piada ou coisa do tipo um tanto exagerado. Não é legal mostrar crianças morrendo e fazendo parecer divertido!

    ResponderExcluir
  2. Bom, Rhorvals, eu realmente não gosto de desenhar crianças morrendo... Por isso o desenho do Krull é tão estilizado e ainda mais, não trata-se de uma criança, mas sim de um orc (uma raça fictícia portanto), considerado na verdade em nossa cultura como um monstro.

    Na verdade, se eu tivesse escrito "Krull nasceu para matar orcs... Desde o berçário aniquilava seus oponentes", talvez não tivesse chocado vc. Foi apenas uma representação gráfica, e cômica, da frase acima, já que essa é minha linguagem.

    Não tive a intenção de causar nenhum problema ou polêmica. Quem me conhece sabe que não sou uma pessoa sádica.

    Se isso o incomodar realmente, posso retirar do blog sem o menor problema.

    Atenciosamente,
    Frodo

    ResponderExcluir
  3. Rhorvals Alhanadel, o Ciclone de Aço4 de março de 2011 22:22

    Não é querer causar polemica ou te tirar. Criança é criança, não importa se fictícia ou não! Tem gente que vê fotos de crianças negras ou asiáticas mortas ou passando fome que não dá à mínima, pior até acha que merece! Fazer esse tipo de coisa e ainda por cima comentar usando esse argumento (não é criança é orc) é reforçar preconceito velho!

    Vou te passar um link de uma capa que eu vi uma vez, e é super revoltante
    http://farm3.static.flickr.com/2706/4289505844_17b6b116b4.jpg
    E cara, de boa o teu desenho não é diferente desse!

    ResponderExcluir
  4. Concordo contigo, Rhorvals: Esta imagem é realmente revoltante e completamente grotesca.

    Mas discordo de ti, amigo Rhorvals, pois a conotação da tirinha de Frodo é TOTALMENTE diferente daquela da imagem que enviaste. Aquela imagem é obviamente depravada e voltada a "pessoas" que sentem prazer ou acham graça neste tipo de atrocidade.

    A tirinha desenhada por Frodo tinha apenas a mensagem "Krull odeia orcs". Não é um exemplo a ser seguido nem tem qualquer mensagem implícita; é simplesmente uma piada estilo pastelão.

    Tu tens todo o direito de não gostar da brincadeira (mesmo ela sendo inocente), mas definitivamente, o trabalho de Frodo não tem semelhança alguma com a imagem revoltante que mostrates.

    ResponderExcluir
  5. Rhorvals, entendo vc perfeitamente não acho que vc esteja errado. Você é coerente com seus preceitos e princípios

    Eu vi a capa que vc me mostrou e, apesar de chocante, não me causa revolta. Sei que a intençao do desenhista foi polemizar e chocar e mais: provoca um intenso desejo no leitor de que justiça seja feita ao vilão. E quando uma arte provoca diferentes emoções, em diferentes pessoas, aí sim pode ser chama de arte.

    Sou diferente de você, mas jamais desenharia um bebê fotorealístico sendo estripado gratuitamente. Porém, um bebê orc estilizado sendo morto por Krull (Cujo lema é "krull odeia orc"), que carrega toda a simbologia do ser "orc", não me causa conflitos ao desenhar e nem sentimento de mal estar ou culpa. Veja, eu acho errado você dizer que um orc é uma raça assim como negros e asiáticos. Que são todas raças sujeitas a sofrer preconceitos. Negros, brancos, asiáticos e índios são seres humanos com diferenças na pigmentação da pele e em traços físicos. Nada mais difere essas pessoas entre si. Orcs são monstros fictícios humanóides criados nas lendas de forma artificial muitas vezes. Desculpe, mas não consigo enxergar preconceito nisso, visto que ninguém real está sendo alvo de preconceito.

    Em vc essa tirinha causou repulsa. Outras pessoas, acharam ingênua e simplória demais, outras riram muito. Acho que faz parte do olhar de cada um e o que cada indivíduo carrega consigo como personalidade, vivências pessoais, moral, e etc.

    Mais uma vez reforço que não foi a intenção chocar ninguém... Saiu da minha cabeça da mesma forma que as outras, e até agora havia sido aceita da mesma forma tb.

    Coloco-me à disposição para remover a tirinha se isso tornar a situação melhor de alguma forma.

    Att,
    Frodo

    ResponderExcluir
  6. Rhorvals Alhanadel, o Ciclone de Aço4 de março de 2011 23:23

    Primeiramente eu não estou ofendendo ou atacando ninguém! Odin sabe que eu sou uma das pessoas que mais pede desculpas e pergunta se está passando dos limites na interpretação.

    O que escrevi é o seguinte: Criança é criança, não importa se for fictícia ou não. Desenhar crianças morrendo, é desenhar crianças morrendo!

    Eu te entendo, Frodo, eu sei que você não fez por mal. Mas se lembra daquele rolo que teve quando o Ricardo interpretou o Zarunita Hirveng? Eu fui uma das pessoas que realmente foram contra, e não foram poucas! Eu disse –cara, isso é pegar muito pesado, nem todo mundo sabe como é ele! Troca o nome e os modos dele pelo menos- Dar uma resposta dessas Frodo é concordar com aquele tipo de coisa!

    Se você quiser remover a imagem, a sua escolha não estou impondo coisa alguma, Só estou dando a minha opinião sobre a imagem.

    Eu acredito que existem certos limites que não podem ser ultrapassados. E sinceramente, Frodo, sua imagem passou um pouco dos limites na minha opinião.

    ResponderExcluir
  7. Imagens podem ser mais chocantes por serem imagens, e nós vivemos em um mundo extremamente visual hoje em dia (e acho que a sua tirinha não é nem um pouco chocante), mas palavras também carregam muito peso. Sendo assim, quando os nossos vilões dizem aqui que vão desmembrar seus inimigos, que vão matar mulheres e crianças, estão também interpretando visões e estereótipos diferentes.
    No entanto, eu (eu, ok, opinião pessoal) acho que a sua tirinha tem um cunho muito mais leve do que muitas das bravatas que a gente troca nos blogs (e eu não me incomodo com as bravatas). Estamos interpretando personagens, e eu concordo com isso. Mas se formos olhar por essa ótica de "mensagens por detrás das coisas", poderíamos também argumentar que estamos reforçando velhos preconceitos por meio deles (veja o nosso recente debate sobre a supremacia das raças na taverna do Krull). Gronark, Skarr, Adolf, Astreya, Aramil, Oyama, e etc. são tão alegóricos quanto o são o Krull e o bebê orc. Só que alguns temas são mais delicados ou incomodam as pessoas de diferentes jeitos. E imagens incomodam mais do que palavras.

    Eu me diverti com a sua tirinha, no entanto, se olhar para fotos de crianças de QUALQUER cor sofrendo, ficaria triste e incomodada. E concordo com Odin quando ele diz que a imagem que o Rhorvals nos passou é muito diferente da sua tirinha. Eu respeito a opinião do Rhorvals, mas simplesmente não consigo relacionar uma cena de repleta violência contra a mulher, sadismo, repugnância e completo mal com a sua tirinha. E não acho que você buscou banalizar o sofrimento das crianças negras ou asiáticas ou de qualquer cor ou raça com a sua tirinha.

    O que eu acho, na verdade, é que temos que ter cuidado com aquilo que vemos, pensamos e falamos. Eu, por exemplo, não assisto de jeito nenhum filmes como Jogos Mortais ou O Albergue porque para mim são produzidos baseados em sentimentos dos mais terríveis, como o sadismo ou o prazer no sofrimento gratuito e violência extrema. E não acho que todas as pessoas que assistem a tais filmes são monstros sádicos, mas realmente isso não serve para mim. Agora, acredito que o exagero e a banalização do politicamente correto pode nos transformar em pessoas contraditórias e fechadas (Rhorvals, não estou me referindo a você, ok, e sim ao que vejo em minhas vivências, principalmente na área da educação). Eu mesma discordei da abordagem dos zarunitas no blog do Odin, mas isso porque para mim ela fazia uma abordagem muito mais clara, direta e pesada, inclusive com a alusão ao nome de Hitler. Mas como Frodo disse, isso faz parte do olhar de cada um.

    ResponderExcluir