sábado, 19 de março de 2011

Bárbaros em Elgalor

“O que me torna diferente de um selvagem sanguinário e de um homem “civilizado”? Em apenas uma palavra: honra”
- Antigo ditado bárbaro.

Dos gélidos Reinos Bárbaros de Anghor até os desertos escaldantes de Kamaro, bárbaros ferozes e honrados derramam seu sangue e brandem seus machados e espadas para defender seu povo e seu território contra as mais terríveis criaturas deste e de outros mundos. Estes nobres guerreiros selvagens seguem um simples, porém significativo código de honra que é passado de geração em geração de forma oral. Apesar dos preceitos dos códigos variarem de região para região, todos eles abordam os seguintes preceitos:

• Respeitar alianças feitas com outras pessoas honradas.

• Ignorar, a qualquer momento uma aliança feita com pessoas sem honra.

• Destruir um inimigo indigno, sem piedade e em qualquer circunstancia.

• Destruir um inimigo digno, apenas em um combate justo.

• Aceitar a rendição sincera de um inimigo digno.

• Matar animais selvagens apenas por necessidade. Nunca por esporte.

• Proteger aqueles mais fracos, principalmente mulheres, crianças e camponeses, contanto que estes lhe demonstrem o devido respeito.

• Oferecer sua espada apenas a líderes claramente mais sábios ou fortes do que você, e permanecer leal ao mesmo em qualquer circunstância, contanto que tal líder se mostre honrado e digno de ser seguido.

• Mentir, roubar e pilhar apenas pessoas sem honra, como mercadores de escravos, feiticeiros e magistrados corruptos.

• Respeitar compaixão e misericórdia genuína, mas nunca as palavras hipócritas e mentirosas de sacerdotes ou magistrados de terras “civilizadas”.

• Respeitar outros baseando-se apenas na honra de seus atos, e nunca em elementos como raça e religião.

* Ser generoso e hospitaleiro com aqueles que passam por necessidades. É dito que na Ciméria nenhum homem morrerá de fome enquanto houver uma família sequer com comida, pois esta alimentará qualquer um que bata sua porta e não tenha o que comer.

• Respeitar e honrar a hospitalidade que lhe foi conferida.

• Vingar-se severamente de qualquer ofensa (física ou moral) que lhe for feita, como lhe parecer mais justo. Povos civilizados demonstram incrível tolerância com aqueles que caluniam, mentem e ferem seus semelhantes por saberem que não sofrerão nenhuma retaliação. Bárbaros não.

• Honrar seus amigos e irmãos de armas. Até a morte.

5 comentários:

  1. Oh, esse código é ótimo. Faltou um adendo: "Fazer cães engolirem seu aço"! HHAha!

    ResponderExcluir
  2. Quem disse que bárbaros são bárbaros?
    ehhehhe.
    Ai sim heim esses bárbaros ficaram bem honrados.

    ResponderExcluir
  3. Krull gostou. Krull destrói orcs sem piedade.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o post Odin!! Eis minha classe favorita!

    ResponderExcluir
  5. Hahaha, parece que me esqueci de algo, sábio J Neves IV!

    ResponderExcluir