quarta-feira, 16 de março de 2011

Asgard RPG: Mecânica Básica

TESTES DE PERÍCIAS E ATRIBUTOS

Para realizar um teste de perícia ou atributo o personagem rola sempre 3d6 e soma este valor aos modificadores do atributo ou perícia. Ao jogar 3d6 para realizar um teste de perícia ou atributo, o resultado 3 é sempre uma falha (o personagem erra automaticamente) e 18 é sempre um acerto crítico (o personagem acerta automaticamente).

Quando se usa a perícia Combate com Armas, o resultado 3 implica que o personagem errou seu alvo e terá seu valor de Defesa reduzido para 0 durante uma rodada. O resultado 18 garante dano dobrado com a arma.

Tabela de Falhas: Caso o personagem obtenha uma falha no combate (1,1,1), ele rola 1d6 para ver o que mais acontece:

1-2: Ele fica de costas para seu atacante e recebe um ataque extra.
3-4: Ele escorrega e fica com -2 na próxima jogada de ataque.
5-6: nada acontece

Tabela de Críticos: Caso o personagem obtenha um crítico no combate (6,6,6), ele rola 1d6 para ver o que mais acontece com seu
oponente:
1-2:Nada acontece
3-4: Seu oponente se desequilibra e fica com – 2 em sua Defesa pela próxima rodada
5-6: a força do golpe desequilibra seu oponente e você faz um ataque adicional contra ele.


NÍVEIS E PONTOS DE VIDA

Em Asgard RPG, os personagens podem ir do 1º ao 20º nível de experiência, sendo que no 1º nível são iniciantes em suas carreiras e no 20º nível são heróis lendários. Para saber mais sobre evolução de personagens, consulte o capítulo Desenvolvendo uma Campanha.

Os Pontos de Vida (PVs) representam a vitalidade de um personagem. No 1º nível, os PVs de um personagem são iguais a: valor de Vigor + bônus da classe do personagem. Do 2º nível até o 10º nível, o personagem recebe seu ajuste de vigor + bônus de classe.

Exemplo: Lenora é uma clériga élfica com Vigor 12. Assim, ela tem no 1º nível 15 PVs (12 graças ao seu vigor +3 que é o bônus da classe clérigo). Quando Lenora chega ao 2º nível, ela adiciona 5 PVs aos seus PV atuais (2 pelo ajuste de Vigor +3 pelo bônus de classe).

INICIATIVA
Define quem agirá primeiro em um combate. O teste de iniciativa é: 3d6 + ajuste de agilidade do personagem.

DEFESA
Defesa representa a capacidade de um personagem se desviar de golpes. A Defesa de um personagem é sempre: valor de agilidade + bônus de escudo (caso esteja usando).

Exemplo: Aramil é um mago élfico com Agilidade 13. Neste caso, seu valor de defesa é 13. Rurick é um guerreiro anão com Agilidade 12, e que carrega um escudo grande em combate. Assim, a Defesa de Rurick será 16 (12 da agilidade +4 do escudo grande).

REDUÇÃO DE DANO
Representa a quantidade de dano que armaduras e certas magias impedem que atinjam um personagem. A redução de dano nunca reduz um dano para menos de 0.

Exemplo: Theodred é um guerreiro que luta usando uma Armadura de Placas, que reduz em 7 pontos todo o dano que ele recebe em combate. Assim, se o machado de um orc o atingiu e causou inicialmente 15 pontos de dano, Theodred perderá somente 8 PVs (15 – 7).

AÇÕES DE COMBATE
Em uma rodada de combate, é possível fazer diversas ações, sendo que um personagem é capaz de se mover antes, depois ou no meio de uma ação de ataque. As ações de combate possíveis são:
• 1 ataque.
• 1 conjuração de magia.
• Usar uma perícia (como presteza) e realizar 1 ataque ou conjurar 1 magia
• Beber uma poção e realizar um ataque.*
• Beber uma poção e conjurar uma magia.*
* O inverso também é possível

FLANQUEAMENTO
Sempre que dois ou mais personagens estiverem atacando um único alvo, ambos recebem um bônus de +1 em suas jogadas de acerto para atingir o oponente cercado.

ATAQUES
Para realizar um ataque, são necessários apenas duas jogadas: Acerto e Dano.
• Jogada de Acerto: Bônus da perícia Combate com Armas contra a Defesa do seu oponente.
• Jogada de Dano: dano da arma + ajuste de força (se a arma for empunhada com as duas mãos, o ajuste de força aumenta em 50%).

Exemplo: Maya é uma guerreira de Força 14 que possui 6 níveis em Combate com Armas (Machados) e está travando um combate com um orc. A jogadora que interpreta Maya rola 3d6 e obtém 8. Somando isso com seu bônus em Combate com Armas, Maya obtém o resultado 14 (8 +6). Como a Defesa do orc é 10, Maya o atinge. Agora, Maya desfere o golpe, causando um dano de 2d6 + 4 (2d6 pelo machado e 4 por seu bônus de força) no orc.

3 comentários:

  1. Oyama Flagelo das Feras17 de março de 2011 01:22

    Muito bom Odin!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo sistema, Odin! Depois de tantos dias em frente ao computador, estou fazendo uma torcida muito grande para que esse projeto dê frutos!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado por vosso apoio (e paciência), lady Astreya, e obrigado por teu auxílio também, bravo Oyama!

    ResponderExcluir