domingo, 13 de março de 2011

Asgard RPG e os Reinos de Elgalor

Estive nos últimos dias, juntamente ao grande Frodo, ao sagaz Aramil e à lady Astreya, criando um novo sistema de RPG. Foi um trabalho estafante, mas que finalmente começa a mostrar alguns frutos.

Asgard RPG é um sistema simples, que através de seus atributos e perícias valoriza a arte da interpretação e a arte do combate. A mecânica básica gira em torno de se jogar 3d6 e somá-los com certos modificadores para se atingir um certo número alvo.

Esta primeira versão leva os personagens jogadores até o 5º nível e possui alguns poucos monstros com quem pelejar. Todas as regras básicas estão contidas em 6 páginas, sendo quase sempre descritas com a ajuda de exemplos práticos, para que mesmo aqueles que nunca jogaram RPG possam aprender o jogo em poucos minutos e começar a jogar.

Por questões de espaço, esta primeira versão possui descrições de classes e raças muito resumidas, mas suficientemente claras para que novatos possam facilmente se encontrar. Há também duas novas raças descritas, os Aesires e os Vanires, que serão usadas em um novo cenário.

A construção do personagem é extremamente simples, com algumas classes mais voltadas para o combate (com bárbaros e guerreiros) e outras para a interpretação e realização de outras tarefas (como o bardo e o ladino). O sistema de magias funciona de forma simples e rápido, permitindo grande liberdade aos conjuradores.

Asgard RPG poderá ser publicado em versão impressa, mas independente disto, ele será usado futuramente em 2 cenários distintos: Os Reinos de Elgalor e um cenário baseado em um mundo nórdico de fantasia pós Ragnarok chamado 9 Mundos.

Em breve, disponibilizaremos mais novidades e informações aqui.

12 comentários:

  1. Grato pela atenção e pelo apoio, nobres amigos!

    Em breve teremos muito material disponível nestas terras...

    ResponderExcluir
  2. Que bela notícia. Estou ansioso para ler sobre este sistema, ainda mais por saber que ele vai abordar bastante interpretação. Deixe-me perguntar, Odin, classes são obrigatórias ou é mais uma questão de conceito? Belregard não tem sistema, e isso me chamou bastante atenção. Vou lhe mandar um e-mail, ok?

    Abraço e vida longa!

    ResponderExcluir
  3. Salve, J. Neves IV.

    O sistema Asgard possui classes, mas ele é bastante flexível e é possível criar personagens sem elas, apenas escolhendo certas perícias e habilidades especiais.

    A interpretação neste sistema é importante porque é principalmente através dela que os personagens conseguem a experiência necessária para evoluir.

    ResponderExcluir
  4. Vale lembrar que, como o sistema teve que ser criado com no máximo 25 páginas, está bastante resumido, mas creio que Odin tem a intenção de criar uma "versão estendida" logo logo...
    Aliás, neste momento estou finalizando a diagramação...rsss

    ResponderExcluir
  5. Pretendem mandar para a Secular? Estou ansioso para ler sobre o sistema!

    ResponderExcluir
  6. Sim, na verdade ficamos sabendo do concurso da secular faltando 7 dias pra finalizar o prazo. daí que o Odin resolveu escrever, e eu ilustrar, imagine a correria rss. Mas agora finalizamos, ufa...rs

    ResponderExcluir
  7. vendo o Odin e o Frodo criar o novo sistema, parecia ver um carro em uma montadora, colocaram um esqueleto na esteira e foram encaixando as peças, fordismo total, 7 dias depois, tudo pronto com capa e créditos.

    fiquei espantado.

    a jambo bem que podia contratar esses caras.

    ResponderExcluir
  8. Ahuahauhau, foi mesmo uma loucura, mas passou. De agora em diante dá pra ir pensando com mais calma nesse novo sistema.

    ResponderExcluir
  9. E quando teremos a palinha por aqui?

    ResponderExcluir