segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Rangers em Elgalor

Rangers em Elgalor possuem uma íntima ligação com a natureza, mas não recebem magias divinas ou um companheiro animal por meio dela ou de suas divindades como um druida. Eles são conhecidos como caçadores lendários, e a maioria atua de forma independente ou dentro de uma ordem focada em exterminar algum tipo de criatura maligna.

Em muitos locais eles são conhecidos como guardiões ou até mesmo fantasmas, dado a seu ímpeto de proteger regiões selvagens e simplesmente “desaparecer” na escuridão quando seu trabalho está encerrado. Apesar de diversas pessoas considerá-los quase sobrenaturais, eles são homens e mulheres que treinaram arduamente durante muitos anos para se transformar nos caçadores perfeitos.


HABILIDADES ADICIONAIS

Todos os rangers de Elgalor são mestres no combate com duas armas e na arquearia (veja a seguir), apesar de cada um possuir um estilo de combate preferido, que reflete melhor suas táticas e estratégias.

Em Elgalor, os rangers recebem dois estilos de combate. O primeiro é escolhido normalmente no 2º nível, se desenvolvendo nos níveis 6 e 11, enquanto o estilo adicional é escolhido no nível 4, e se aprimora nos níveis 8 e 12.

Os rangers em Elgalor rolam d10 como dados de vida.


Outro fator que pode diferenciar os rangers são as raças as quais eles pertencem e seus inimigos:

• Anões: Rangers anões normalmente atuam dentro de subterrâneos e montanhas, e preferem enfrentar seus inimigos em um combate corpo-a-corpo utilizando um machado duplo ou um machado e um martelo. Eles são os únicos rangers capazes de suar armaduras médias. Seus inimigos preferidos são gigantes, minotauros e orcs.

• Elfos e Meio elfos: Rangers de sangue élfico são atiradores natos e implacáveis, mas também são mortais com suas espadas. Normalmente, eles equilibram muito bem o uso do arco e da espada, e cada um decide qual destas armas será um pouco mais usada. Seus principais inimigos são orcs, elfos negros e goblinóides.

• Halflings: Muito astutos, halflings normalmente preferem usar seus arcos curtos a uma distância segura, e como são mestres na camuflagem, tornam-se atiradores temíveis. Seus principais inimigos são goblinóides e orcs.

• Gnomos: Como os halflings, gnomos rangers preferem atacar à distância, e sempre que possível usam suas habilidades mágicas para confundir (ou ridicularizar) seus adversários. Seus principais inimigos são gnolls, goblinóides e orcs.

• Meio Orcs:
Semelhante aos anões, os meio orcs preferem o combate direto, e normalmente o fazem empunhando pesados machados duplos. Seus principais inimigos são licantropos, gnolls e orcs.

• Humanos: Sendo extremamente diversificados, rangers humanos assumem diversas posturas em combate, e têm uma ampla gama de inimigos, que varia muito de acordo com sua região de origem. Os humanos vindos dos reinos bárbaros de Anghor normalmente são temíveis caçadores de licantropos, enquanto aqueles vindos de Eredhon são implacáveis caçadores de demônios.

7 comentários:

  1. Leonardo Viera Andrade14 de fevereiro de 2011 21:55

    Nós usamos às mesmas regras para o ranger! Só que nós colocamos a habilidade dele encontrar armadilhas. Ranger com magia é uma coisa absolutamente bizarra.

    Eu tenho um artigo sobre magos que você acharia interessante Odin. Se quiser eu posso te dar o Link. Faz os magos serem parecidos com o Gandalf e o Saruman.

    ResponderExcluir
  2. Por favor, envie-me tal pergaminho!

    ResponderExcluir
  3. Leonardo Viera Andrade14 de fevereiro de 2011 22:53

    Demorou pouco, mas achei! Eu tenho as revistas mesmo, é bem barato no E-bay!

    http://www.4shared.com/document/c8JBhYzH/Dragon_Magazine_338.htm

    Pag: 55 A matéria é a seguinte: o Mago não ganha familiar, no entanto, ele canaliza poder para o cajado como o Gandalf e Saruman. Consegue conjurar mais truques, ganha poder, pode conjurar magias com mais eficiência, mas quando fica sem ele, o mago recebe penalidades.

    Na errata no nível 6, 12 e 18 o mago recebe um bônus de mais +1 nos testes de CD de suas magias, e para superar a resistência a magia do alvo, mas ele recebe o dobro de penalidade se não tiver o cajado em mãos.

    Eu usei isso quando joguei com o Nubling! Nas nossas campanhas os magos e feiticeiros não tem familiar, só as bruxas como Selwyna podem ter! Essa é a forma como se diferencia uma bruxa de uma maga.

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante, Leonardo. Agradeço-te imensamente. Estava procurando uma maneira de diferenciar magos de feiticeiros e tu me deste uma ótima idéia!

    ResponderExcluir
  5. Muito legal o post e as observações feitas pelo Leonardo...

    ResponderExcluir
  6. Muito bacana. Adoro estas versões que temos por aqui. Sobre os magos eu também gosto de diferencia-los dos feiticeiros e gosto da coisa do "sangue" que os feiticeiros tem. Normalmente fico a favor deles não serem capazes de lançar muitas magias de efeito como encantamentos e ilusão. Acho que combina mais uma coisa elemental e pros magos a valorização desse fetiche do cajado (ui!) é realmente conveniente.

    ResponderExcluir
  7. Hahaha, realmente.

    Veremos algo sobre magos e seus cajados em breve.

    ResponderExcluir