quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Elfos de Elgalor

Para muitos povos, os elfos são conhecidos como mestres da magia arcana, além de serem os melhores rastreadores, arqueiros e espadachins de todos os reinos. Isto, apesar de estar baseado em fatos concretos, não é totalmente verdade. Todos os elfos (exceto os negros) possuem grande ligação com a natureza e apreciam as artes, conhecimento e música, mas em Elgalor existem quatro principais povos élficos, e cada um deles apresenta maestria em uma área distinta, de acordo com sua cultura e valores:

ALTOS ELFOS: Também chamados de “elfos da luz”, os altos elfos ergueram o poderoso reino de Sindhar, o maior de todos os reinos élficos. Os altos elfos possuem cabelos dourados ou cor de prata, pele clara e olhos azuis ou verdes. Cultos e nobres, são grandes mestres das artes arcanas, e extremamente orgulhosos da história sua raça, sendo que muitas vezes apresentam comportamento arrogante e presunçoso. Isolacionistas por natureza, evitam ao máximo o contato com outras raças, especialmente humanos, mas lutam avidamente por todos os elfos. O atual rei dos altos elfos é Thingol Shaeruil (sol nobre), o mais poderoso mago de toda Elgalor, um homem nobre e honrado, muito respeitado por seu povo, e considerado o Grande Rei de todos os elfos.

Ajustes raciais: como os elfos do livro do jogador, exceto:
- não recebem talentos para suar espadas longas, sabres e arcos.
- +4 em testes de Identificar Magia e Conhecimento Arcano
- +2 em testes de Concentração e Atuação.
Classe Favorita: Mago (especialização em qualquer escola, exceto necromancia)

ELFOS DE PRATA: Conhecidos também como “elfos da espada”, estes elfos fundaram o reino de Sírhion, e são mestres no uso da espada, considerados guerreiros lendários entre os povos élficos. Seus cabelos são castanhos ou negros, e seus olhos variam do verde ao negro. Ao contrário dos altos elfos, os elfos de prata não são isolacionistas, e apesar de não residirem em comunidades humanas, sempre lutam ao lado de humanos e anões que considerem dignos e honrados. De todos os elfos, eles são os que mais se envolvem com os assuntos do mundo, e naturalmente, quase todos os meio elfos de Elgalor possuem sangue de elfos de prata. O atual rei dos elfos de prata é Coran Bhael (guardião), um guerreiro extremamente habilidoso, conhecido por sua bondade e grande senso de justiça.

Ajustes raciais: como os elfos do livro do jogador, exceto:
- + 1 nas jogadas de acerto com espada longa ou sabre.
Classe Favorita: Guerreiro

ELFOS DE ELVANNA: Chamados de “elfos silvestres”, os elfos de Elvanna habitam as florestas de Elgalor atuando como seus altivos e implacáveis guardiões. Seus cabelos e olhos são sempre verdes ou castanhos, e sua pele é normalmente morena. Seu maior reino, a Floresta Sagrada de Elvanna, foi completamente destruído pelos exércitos de Thurxanthraxinzethos, em um ataque que tomou a vida do rei élfico Karanthir Sael (falcão de madeira). Espalhados em comunidades de médio ou grande porte, os elfos de Elvanna são reclusos e desconfiados de estranhos, mas aliam-se temporariamente a outras raças inteligentes para proteger florestas e ambientes naturais, mesmo que não façam parte de seu território.

Ajustes raciais: como os elfos do livro do jogador, exceto:
- +2 em testes de Conhecimento da Natureza, Lidar com Animais e Sobrevivência.
Classe Favorita: Ranger

ELFOS NEGROS: conhecidos também como “elfos das sombras”, eles representam a ramificação maligna da raça élfica. De pele escura e olhos e cabelos claros, os elfos negros são em geral assassinos cruéis e impiedosos, e já travaram diversas guerras contra seus primos da superfície, especialmente contra os reinos de Sindhar e Sírhion. Seu principal reino chama-se Firdeth (escuridão eterna), e é governado pela cruel rainha Syth Maeraii (besta da morte). Syth foi derrotada por Thingol cerca de 200 anos atrás em um combate singular do qual por muito pouco conseguiu escapar com vida, e desde então se manteve reclusa em Firdeth aguardando pela oportunidade certa de se vingar. Pouquíssimos elfos negros abandonam o caminho da escuridão, e quando o fazem, normalmente são caçados e mortos por seus “irmãos”.

Ajustes raciais: como os elfos do livro do jogador, exceto:
- Recebem +2 em Inteligência, +2 em Destreza, -2 em Constituição e – 2 em Força
- +2 em testes de Esconder-se e Blefar
- +4 em testes de Conhecimento Arcano e Identificar Magia
- Visão no Escuro
- Podem suar a magia Porta Dimensional 1 vez por dia (nível de conjurador igual ao nível do personagem) em locais escuros (ou cobertos pela sombra).
Classe Favorita: Mago (necromante ou ilusionista)

* Os elfos negros de Elgalor não possuem resistência à magia ou outras habilidades similares à magia, mas não possuem também ajuste de nível.

6 comentários:

  1. Ficou muito bom o pergaminho, nobre Odin! Certamente os elfos contribuem em muito para o crescimento da cultura e da história de Elgalor, das mais variadas formas possíveis...

    ResponderExcluir
  2. Espero que isso faça parte do próximo livro a ser lançado, hehehe.

    ResponderExcluir
  3. Tens razão, lady Astreya.

    Estamos preparando um livro que trata da ambientação de Elgalor, nobre clérigo. Provavelmente ele será lançado no final deste ano, e contará com informações sobre locais, raças e personagens deste cenário.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom Odin, esse post ficou ótimo para compreender os detalhes entre os elfos.

    continue com as outras raças, ficará excelente

    ResponderExcluir
  5. Esta é a idéia, amigo Gleyson!

    ResponderExcluir