segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Classes de Elgalor: Paladinos

"Hei de dar-vos apenas um conselho, e quero que ouçam com atenção, pois isto há de determinar o curso de vossas vidas de uma maneira que ainda não podeis compreender. Ser paladinos não significa travar duelos heróicos, vencer combates gloriosos ou derrotar arqui-diabos. Ser um paladino significa fazer o que é certo. Quantas vezes for necessário."

- Rei Thérion I, Alto rei de Eredhon, em reunião com os Cavaleiros Sagrados de Eredhon.

Em Elgalor, paladinos cumprem as mesmas funções que se espera deles em outras ambientações de fantasia medieval: proteger inocentes e combater o mal. O que diferencia os paladinos de Elgalor é que eles possuem um forte senso de “certo e errado” que conduz suas ações de maneira muito mais marcante do que a devoção que tenham para com um deus, uma ordem ou um dogma. Para um paladino, fazer o que é certo, de maneira ordeira e bem direcionada é o que realmente importa.

Como os paladinos mais experientes costumam dizer, justiça nunca é atingida quando um coração está tomado pelo ódio ou pela indignação, mas todos concordam que a justiça é sempre mais importante do que a lei. O bem é sempre mais importante do que a ordem. Um paladino serve as pessoas, e não as leis; leis injustas devem ser combatidas de maneira positiva e mudadas o mais rápido possível.

Um paladino em Elgalor não perde seus poderes se desafiar de maneira responsável e aberta o governo corrupto ou maligno de um determinado reino, mas perde suas habilidades prontamente se não tomar nenhuma atitude a respeito caso veja alguma injustiça ser cometida mesmo que por um agente autorizado pela lei. Um paladino deve aceitar uma rendição sincera de um oponente e dar-lhe uma segunda chance de reparar seus erros.

Contudo, se este indivíduo voltar a fazer o mal, o paladino tem o dever de neutralizar a ameaça, mesmo que a única maneira de fazer isso seja através da espada. Para um paladino, é preferível executar um malfeitor que está acima da lei, e depois se entregar às autoridades, do que permitir que este malfeitor continue livre para prejudicar inocentes.

Outros comportamentos que fazem com que um paladino perca seus poderes em Elgalor:
- Agir com soberba ou arrogância.
- Deixar que pessoas sejam exploradas por regimes opressores.
- Adotar comportamento fanático, passando a executar todos que “parecem” culpados.

Os paladinos em Elgalor, além de serem leais e honrados e possuírem forte presença de espírito (Carisma 14 +), são homens e mulheres sábios. Para que um indivíduo se torne paladino em Elgalor, ele deve ter ao menos Sabedoria 13.*

* Valores para D&D

3 comentários:

  1. Muito interessante as condutas de um Paladino em Elgalor! Gostei bastante!

    ResponderExcluir
  2. Pobres paladinos, estão fadados a nunca conhecerem o prazer de viver a vida sem todas essas regras que dificultam a poesia da vida.

    isso me lembrou a canção do paladino-bardo.

    ResponderExcluir
  3. Hahaha, lembro-me desta canção...

    ResponderExcluir